China terá primeira cidade 100% sustentável do mundo

Como as tragédias em Londres e Lisboa ajudaram a arquitetura dessas cidades
julho 5, 2017
Permacultura em Arquitetura e Urbanismo
julho 19, 2017
Exibir todos

Projetar um empreendimento sustentável, seja edifício ou complexo residencial, não é uma tarefa fácil. Agora, imagine criar uma cidade sustentável. Esta é a ideia do arquiteto italiano Stefano Boeri, que está construindo esse projeto visionário em Liuzhou, na China.

A “cidade floresta” será a primeira do tipo no mundo, com capacidade para acomodar cerca de 30 mil pessoas. Assim como um centro urbano tradicional, terá casas, hotéis, escritórios, hospitais, escolas, shopping centers e outros serviços.

A arquitetura é verde no sentido literal e figurado
A inauguração da cidade, que ocupa 175 hectares, está prevista para 2020. Até lá, serão plantadas 40 mil árvores e quase um milhão de plantas, abrangendo mais de 100 espécies diferentes. Para isso, as fachadas de todos os edifícios serão “revestidas” com vegetações.

Além de colaborar com a arquitetura dos prédios, as plantas terão um papel ainda mais importante: melhorar a qualidade do ar, amenizar a temperatura média e se tornar verdadeiras barreiras naturais contra eventuais barulhos. Logo, a nova cidade será verde em todos os sentidos.

A cidade terá serviço de transporte ferroviário com trem de alta velocidade

Sustentável em todos os âmbitos

No período de um ano, espera-se que o empreendimento produza cerca de 900 toneladas de oxigênio, filtrando 10 mil toneladas de dióxido de carbono e 57 toneladas de poluentes. A biodiversidade da região também será beneficiada, já que o projeto irá gerar habitats para aves, insetos e animais pequenos.

A infraestrutura combinará auto-suficiência energética e uso de energia renovável. O transporte também não será um problema para os habitantes, já que será construída uma linha ferroviária com trem de alta velocidade, ligando o complexo a Liuzhou.

Fonte: Blog da Arquitetura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *